Arquivo | Meu jardim RSS feed for this section

Onze horas

14 jan

11horas

Delicada, de cores variadas e fácil cultivo, esta é uma boa dica para os amigos que vão em casa e insistem em dizer: “ah, não levo jeito com plantas!”.

Ela é resistente e floresce praticamente o ano todo. Gosta de bastante sol e solo bem drenado. Tem aspecto de suculenta, possuindo “folhas gordinhas”, característica tolerante ao vento em sua maioria, sendo considerada uma boa opção para varandas de apartamento. Pode ser cultivada em pequenos vasos ou jardineiras, inclusive pendentes, como esta minha da foto.

Suas flores são muito frágeis e não duram mais do que um dia. Em compensação, florescem muito. Quanto mais sol, mais flor! E sabem a que horas ela atinge a beleza máxima do dia? Claro, às 11 horas. E vem daí, seu nome.

Um ótimo dia para nós! Beijos, beijos.

Maria F. Mazzer

“Deus me dá na medida em que me dou. Deus me deu porque eu me dei. Deus, bem lá no fundo, sou eu, em entrega e absorção constantes.” (João Eduardo Navachi)

No face: Afe, Maria!

Anúncios

Hortênsias em vaso

17 dez

Bom dia, amigos! Vejam só que coisa mais linda estão minhas hortênsias plantadas em vaso, esclarecendo a dúvida de muita gente, inclusive a minha… Hortênsias florescem em vasos? Sim, florescem!

Afe, Maria! Blog

Afe, Maria! Blog

Há um ano comprei um exemplo que veio num vasinho, com dois buquês enormes e lindos, na cor rosa. Depois de darem flor, replantei para um vaso maior, mesmo sem ter a certeza de que iriam pra frente.

Durante este tempo procurei me informar sobre o cultivo, que pede um solo rico em matéria orgânica, rega quase diária em dias mais quentes e solo bem drenado. Fora isso, elas gostam de boa luminosidade, porém, em regiões mais quentes, evite expô-la diretamente ao sol. As minhas ficam debaixo de uma arvoreta, em meia sombra.

O mais curioso em relação às hortênsias é quanto à coloração das flores, que pode alterar-se, dependendo do PH da terra. Em solos mais ácidos elas produzem flores mais azuladas, já em solos mais alcalinos, elas florescem cor de rosa, como as minhas.

Depois de darem flor, recomenda-se podar os galhos para estimular uma maior floração para a próxima primavera/ verão, que é a época em que elas mostram sua beleza. Porém, podem apenas os galhos que já deram flores e preservem os demais.

Como sempre digo, embora eu ame plantas, estou longe de ser uma entendida do assunto. Tudo o que sei é apenas por um pouco de curiosidade e muito amor. Para quem se interessar em uma explicação mais completa sobre esta maravilha, achei um texto bem interessante aqui.

Desejo que tenham um lindo dia!

Beijos, beijos.

Maria F. Mazzer

Procure a gente no face: Afe, Maria!

“Se fosse possível observar claramente o milagre de uma única flor, toda a nossa vida se transformaria.” (Buddha)

Lar doce lar

11 set

casasacada

“É bela a minha casa e eu gosto dela
como se gosta de algo que sonhado
vai sendo a pouco e pouco trasnformado
na realidade que o destino sela.

E assim feliz com o sonho realizado
eu gosto de viver, de morar nela”

O livro eu não li. Mas estes dizeres são do poeta brasileiro Théo Drummond (85), em Minha Casa, do livro Voo de Nuvem.

Foi o que me mostrou a parte mais interessante e única, (na minha opinião), da revista Caras, na espera de um consultório médico. Sabem? Aqueles dizeres das primeiras páginas que vem sempre junto de uma foto bonita? Então, dali mesmo.

Pois bem, os dizeres são dele, Théo Drummond, mas o sentimento também pode ser meu, seu… Afinal, não há, neste mundo, lugar melhor do que a casa da gente.

Bom dia lindo!

Beijos, beijos.

Maria F. Mazzer

Flor de cera

9 set

flordecera

Amigos, bom dia! A primavera vem se aproximando e os jardins daqueles que se esforçam, ganhando boas formas e muita beleza. Para vocês, eu decidi abrir as portas do meu, pouco a pouco, conforme o ar da graça.

Não sou a mais entendida, muito menos bióloga. Sou apenas a jardineira do meu próprio espaço, que eu chamo de jardim. Mas para aqueles que o conhecem de perto sabem que na verdade, tudo não passa de uma média sacada. Sim, já disse por aqui: moramos em apartamento.

Esta primeira apresentação é de uma flor de cera e talvez muitos de vocês nem a conheçam. Foi a mocinha do viveiro que me apresentou, quando estive lá a procura de uma planta para meia sombra, a qual pudesse escalar um suporte de teto. Bingo! Melhor escolha impossível!

Além de gostar de meia sombra, a flor de cera não tolera muito frio, nem muito vento e precisa ser direcionada. A planta é um tipo de cipó, e precisa de uma estrutura para se apoiar.

As regas se resumem de uma a duas vezes por semana no verão e precisam ser quase inexistentes no inverno. É, no frio, só uma molhadinha de vez em quando, basta.

Na foto, aquele buquezinho bem acima e o outro bem abaixo, que estão mais rosadinhos, são as flores que ainda não se abriram. Depois de abertos, ficarão branquinhos, cheinhos de flores em formato de estrelas e aroma bem docinho, como os outros dois da foto. E para quem sofre com cheiros doces, certamente é melhor evitá-la.

Uma planta de muito fácil cultivo, sendo ótima opção para iniciantes.

Boa semana cheia de positividade, para mim e para vocês!

Beijos, beijos.

Maria F. Mazzer

Estamos no face: Afe, Maria!

Quem planta, aprecia

2 abr

Parece bobeira, mas quem gosta vai concordar… É delicioso ver uma flor nascer no seu próprio jardim.

Eu comprei esta bromélia logo nos primeiros meses de casada. Ela veio com aquela linda flor cor de rosa que muitos já devem ter visto, até em supermercado. Depois de um tempo a flor secou e restou apenas a folhagem. Nasceram dois brotos e esta folhagem principal morreu, o que é normal. As bromélias dão flores apenas uma vez e morrem.

Li em algumas fontes que o certo seria separar os brotos, mas em outros lugares, diziam para deixar. Fiquei com a segunda opção. Então, apenas cuidei, como faço com as tantas outras plantas que tenho. Cheguei até a pesquisar na internet `quanto tempo uma bromélia levaria para florescer`, mas não encontrei uma resposta convincente.

Passou uns 3 anos e confesso que ela nem precisava mais florescer para me fazer feliz. Com tanta planta complicada e difícil de cuidar, esta nunca me deu muito trabalho. Nunca precisou de muito para estar bonita. É, eu gosto deste tipo de bromélia. Deve ser por isso que ela resolveu sorrir pra mim! E de repente… Flores! Vocês não imaginam a minha alegria quando eu vi estes dois brotinhos de flor.

bro

Portanto, fica aqui uma boa dica! Para quem quer começar a cultivar um verdinho em casa, as bromélias são uma boa opção. Resistentes, geralmente gostam de meia sombra ou bastante luz e umidade moderada. As de folhas mais grossas, como esta minha, resistem melhor ao vento e a seca.

Beijos, beijos. Boa terça-feira!

%d blogueiros gostam disto: